Famasul se reúne com Temer para tratar das invasões indígenas

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul), Eduardo Riedel, e o diretor secretário da instituição, Ruy Fachini, participam nesta terça-feira (28) de reunião com o vice-presidente da República, Michel Temer, a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, para tratar das invasões indígenas às propriedades rurais de Mato Grosso do Sul. Temer, que na semana passada admitiu a gravidade das invasões, em reunião com a Frente Parlamentar do Agronegócio, deve se posicionar e apontar possibilidades de solução para o conflito.

A reunião acontecerá em Brasília, às 14h30, e terá a presença do senador Waldemir Moka (PMDB), deputados federais, estaduais e produtores rurais do Estado. O encontro foi marcado a partir de reunião anterior, realizada no último dia 16, quando representantes dos produtores de MS e outros sete estados estiveram reunidos com Temer, o presidente da Câmara Federal, Henrique Alves, e o Advogado-Geral da União e ministro, Luís Inácio Adams.

A iniciativa dos parlamentares estaduais de participar da reunião foi definida em audiência pública, na última sexta-feira (24), na Assembleia Legislativa, quando os deputados definiram pelo trancamento da pauta de votação da Casa até que o Governo Federal se posicione quanto aos litígios de terra. O coordenador da Comissão de Assuntos Fundiários da Famasul e vice-presidente da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS), Cristiano Bortolotto também participa da reunião.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sistema Famasul