Grupo Pão de Açúcar investe em pecuária sustentável

Empresa pagará bônus de 7% aos parceiros que respeitarem os animais e o meio ambiente

Em 2005 o Grupo Pão de Açúcar iniciou um trabalho para desenvolver a cadeia da carne bovina em todas as suas etapas no processo de produção, o que levou a criação de um novo modelo de produção e comercialização de carne, através do cruzamento entre as raças Rubia Gallega (de origem espanhola) e Nelore (tradicional no Brasil), dando origem a carne da marca exclusiva do GPA, a Taeq. Cerca de 30 fazendas são parceiras nesse processo de criação da carne Taeq e recebem do GPA a cotação máxima da arroba (Esalq) da região de machos para novilhos machos e fêmeas.

O GPA acompanha o trabalho realizado pelas fazendas parceiras para avaliar melhorias na produção nacional da pecuária de corte. “Através dessas visitas e do diálogo aberto com nossos fornecedores decidimos ampliar a premiação para seus parceiros”, explica Pedro Henrique dos Santos Pereira, diretor comercial de carnes do GPA.

Para isso, o grupo desenvolveu um prêmio em que os parceiros podem ganhar até 7% a mais além da premiação inicial, caso cumpram com a agenda de abate proposta, apresentação do relatório-sócio ambiental e rentabilidade de cortes produzidos em cada lote. O objetivo é oferecer ao consumidor um produto de qualidade processado com tecnologia e gestão que valorizem e estimulem a cadeia produtiva a incorporar a responsabilidade pela saúde das pessoas, animais e meio ambiente.

Temos como prioridade favorecer nossos clientes, respeitar o meio ambiente e desenvolver soluções inovadoras, em um modelo parceiro no qual todos ganham”, completa Pedro Henrique Desde 2010 o Grupo conta com um sistema de rastreabilidade que permite ao cliente acompanhar todo processo da cadeia produtiva da carne, através de um selo 2D. Exclusivo na linha de carnes da marca Taeq, o sistema funciona a partir de um aplicativo para smartphones com leitor 2D, ou pela internet (www.qualidadesdeaorigem.com.br), com a inserção do código do produto.