Meio Ambiente é destaque em Dourados

Evento serviu como uma oportunidade para refletir sobre a importância do meio ambiente e conhecer algumas estratégias conservacionistas

Durante três dias, de 1º a 3 de junho, Dourados sediou a XI Semana do Meio Ambiente e a XIV Eco Dourados. Com o tema ecossistema e sustentabilidade, o evento contou com palestras, mini-cursos, apresentação de projetos de educação ambiental, city tour às Estações Ecológicas e entrega do Troféu Marco Verde. Promovido pela Prefeitura Municipal de Dourados, com realização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (IMAM) e apoio de várias instituições, dentre elas a Embrapa, o evento teve como público-alvo estudantes das escolas públicas e particulares, acadêmicos, professores, ambientalistas, pesquisadores e profissionais liberais ligados a temática.

O Chefe Adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Agropecuária Oeste, Guilherme Lafourcade Asmus, destacou a relevância das reflexões proporcionadas pela Semana do Meio Ambiente, pois a Embrapa Agropecuária Oeste tem como missão viabilizar soluções para a sustentabilidade da agricultura da Região Oeste do Brasil, por meio de pesquisa, desenvolvimento e inovação, em benefício da sociedade.

Assim, a Unidade está envolvida no Programa Agricultura de Baixo Carbono (ABC), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). “Também chamado Programa ABC, preconiza o uso de tecnologias sustentáveis, como: Sistema Plantio Direto, Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF), fixação biológica de nitrogênio, entre outras estratégias de manejo agrícola, que são comprovadamente eficientes na mitigação da emissão dos gases de efeito estufa”, explicou Guilherme.

Além do desenvolvimento de pesquisas que contribuem com a sustentabilidade agrícola e conservação ambiental, durante a Semana do Meio Ambiente a Embrapa Agropecuária Oeste e a Embrapa Transferência de Tecnologia Escritório de Negócios de Dourados contribuíram com as atividades propostas pela XI Semana do Meio Ambiente e a XIV Eco Dourados, através de recepção de estudantes que participaram do city tour e ministrando mini-cursos.

City-tour – Na quinta-feira, 2 de junho, das 8h às 10h30, a Embrapa recebeu a visita dos estudantes adolescentes do CAIC Neil Fioravanti. Na sexta-feira, 3 de junho, foi a vez das crianças do Ceart Bandeirantes, conhecer as instalações e as pesquisas da Unidade. Profissionais da Área de Transferência de Tecnologia da Embrapa Agropecuária Oeste, receberam os estudantes e os levaram para conhecer o Viveiro de Produção de Mudas e o Bosque de Espécies Nativas, que conta com mais de 95 árvores diferentes.

A coordenadora de Educação Infantil do Ceart Bandeirantes, Ana Lúcia Pastor Lazzarin, ficou satisfeita com a visita e disse que as crianças aprenderam de forma prática a cuidar melhor do planeta. “A conscientização sobre a importância do meio ambiente precisa ser feita ainda na infância e a Embrapa contribui muito nesse sentido”, destacou. A estudante de nove anos, da 4ª série, Maria Luiza Venancio de Paula, participou da visita e disse que gostou muito das brincadeiras no bosque. “Aprendi o nome de algumas árvores e descobri como os animais ajudam a plantar árvores. Valeu a pena!”, comemorou.

Mini-cursos – Os mini-cursos, por sua vez, reuniram interessados nos aspectos técnicos ambientais. O pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Rômulo Penna Scorza Júnior, ministrou o mini-curso intitulado “Contaminação Ambiental”, na quinta-feira, 2 de junho. Na terça-feira, 7 de junho, o pesquisador Milton Padovan, ministra mini-curso sobre Sistemas Florestais Diversificados, na própria Unidade, das 13h às 17h.

Fonte: Portal do Agronegócio