Ponte de concreto em Porto Murtinho custará R$ 2,3 milhões

Ponte de concreto em Porto Murtinho custará R$ 2,3 milhões

A ponte terá extensão de 55 metros, com 6 metros de largura, localizada em rodovia vicinal

Thais Libni – Correio do Estado

Foto: Chico Ribeiro/Arquivo

O Governo do Estado investirá R$ 2,3 milhões na construção de ponte de concreto no município de Porto Murtinho, que será implantada sobre o Rio Branco. O contrato foi assinado e publicado nesta quarta-feira (13), no Diário Oficial do Estado.

A ponte de concreto sobre o Rio Branco, em Porto Murtinho, terá a extensão de 55 metros, com 6 metros de largura, localizada em rodovia vicinal. O contrato é no valor de R$ 2.331.214,85.

A empresa vencedora da licitação terá o prazo de 210 dias (7 meses) para concluir a obra, logo depois de receber ordem de serviços pela Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul).

Os investimentos serão feitos com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul).

“Uma ponte representa dois importantes fatores redução de custo e aumento da segurança. Mais uma obra de infraestrutura, que além de ajudar na logística e escoamento da produção, também visa dar mais qualidade de vida, geração de oportunidades, de emprego e de renda e, por isso, temos várias obras em execução, atendendo as demandas dos municípios”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel.

Pontes

Segundo a Agesul, o investimento em implantação, restauração e construção das pontes de concreto em Mato Grosso do Sul ultrapassam R$ 1,8 bilhão desde 2015.

O governo do Estado tem como meta entregar 163 pontes de concreto em Mato Grosso do Sul até o final 2022. De 2015 até 2018 já foram feitas 100 pontes de concreto à disposição da população e mais 63 estão em fase de projeto ou já em execução.

Os seguintes municípios já viverão pontes construídas ou ainda estão em construção, como Guia Lopes da Laguna, Paranhos, Nioaque, Jardim, Rio Verde de Mato Grosso, Bela Vista, Dourados, Costa Rica, Aral Moreira, Anastácio, Rio Brilhante, Tacuru, Amambai, Caarapó, Maracaju, Japorã, Iguatemi, Novo Horizonte do Sul, Tacuru, Porto Murtinho.

Assim como Amambai, Deodápolis, Sete Quedas, Coronel Sapucaia, Jateí, Juti, Naviraí, Dois Irmãos do Buriti, Eldorado, Ivinhema, Camapuã, Cassilândia, Coxim, Paranaíba, Ponta Porã, Aquidauana, Bandeirantes, Gloria De Dourados, Rio Negro, Corumbá, Agua Clara, Bodoquena, Paraíso Das Aguas, Batayporã, Pedro Gomes, Corguinho, Campo Grande e Laguna Carapã.