Preço do boi gordo chega a R$ 220 à vista em São Paulo, aponta Safras

Preço do boi gordo chega a R$ 220 à vista em São Paulo, aponta Safras

Segundo a consultoria, os frigoríficos ainda se deparam com escalas de abate encurtadas, consequência da restrição de oferta neste início de entressafra

Por Agência Safras

Os preços do boi gordo ficaram entre estáveis a mais altos nesta segunda-feira, 13. De acordo com a consultoria Safras, os frigoríficos em geral ainda se deparam com escalas de abate encurtadas, consequência da restrição de oferta neste início de entressafra.

“É importante destacar o papel da China no mercado brasileiro no decorrer de 2020, importando volumes expressivos de proteína animal no decorrer do ano. Outro aspecto relevante é o processo de reabertura da economia em algumas regiões do país, em especial para a cidade de São Paulo, maior centro consumidor do país. O ponto de inflexão está no avanço da pandemia no Centro-Oeste e no Sul do país, o que pode produzir entraves ao agronegócio brasileiro”, diz o analista da Safras & Mercado Fernando Henrique Iglesias.

Na capital de São Paulo, os preços do mercado à vista passaram de R$ 219 para R$ 220 por arroba. Em Uberaba (MG), subiram de R$ 214 para R$ 215 por arroba, Em Dourados (MS), continuaram em R$ 211. Em Goiânia (GO), seguiram em R$ 211. Em Cuiabá (MT), permaneceram estáveis, em R$ 197.

Atacado

No mercado atacadista, os preços da carne bovina apresentaram alta. Conforme Iglesias, a reabertura dos restaurantes na cidade de São Paulo estimulou a reposição entre atacado e varejo. “Logicamente, a ocupação dos restaurantes está distante da normalidade, com a exigência de distanciamento social e medidas bastante rigorosas para evitar novas ondas de contágio”, pondera.

A ponta de agulha ficou em R$ 12,10, com alta de 10 centavos. O corte dianteiro passou de R$ 12,60 o quilo para R$ 12,65 o quilo, e o corte traseiro permaneceu em R$ 14 por quilo.

Foto: A arroba do boi gordo também subiu em Uberaba (MG), onde chegou a R$ 215. Comex do Brasil/divulgação