Programa aborda eficiente comunicação com produtores e comunidade urbana

A correta comunicação dos sindicatos rurais com os produtores e com a comunidade urbana é o foco do Programa Sindicato Forte que começou nesta segunda-feira (12) e termina hoje (13) em Três Lagoas. O Programa Sindicato Forte, implantado pela Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul), visa melhorar as relações institucionais entre a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), as federações e os sindicatos rurais.

De acordo com o consultor do Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Central), Ademar dos Anjos, para que a comunicação com o produtor rural seja eficiente é preciso que seja direta e pessoal. “O dirigente e os colaboradores dos sindicatos rurais podem usar ferramentas como rádio e mensagem por celular para enviar comunicados aos produtores, são métodos baratos e que têm maior alcance”, exemplifica Anjos.

Em relação ao contato com a comunidade urbana, o consultor afirma que uma simples modificação na parte visual do sindicato pode provocar o interesse da população de determinado município. “Uma vez um sindicato de determinado município, com mais de quarenta anos de existência, colocou uma placa na frente do prédio após orientação do sindicato forte. O comentário da cidade era que havia acabado de ser inaugurado”, afirmou Anjos.

Durante o módulo, dirigentes e presidentes dos sindicatos aprenderão algumas técnicas de comunicação, como definir claramente o objetivo da comunicação, ser objetivo, claro e conciso, manter o contato visual, evitar interromper quando o outro estiver falando, entre outras dicas.

O programa é composto por duas etapas. A primeira, com duração de dois dias, consiste na aplicação de um diagnóstico e na capacitação dos dirigentes sindicais e colaboradores. Enquanto que a segunda fase é realizada na sede de cada sindicato, com a elaboração do planejamento estratégico dos participantes do programa, acompanhados da equipe CNA/Famasul/ Senar Central e Senar/MS.

Três Lagoas é o quinto polo regional a receber o programa, englobando, além da cidade anfitriã, os municípios de Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Cassilândia, Inocência, Nova Andradina, Santa Rita do Pardo, Paranaíba e Taquarussu.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sistema Famasul