Vendas de sêmen bovino nos últimos três anos

Comparamos a comercialização das raças de corte e leite nos últimos três anos, de acordo com o Index da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (ASBIA).

Entre 2009 e 2011, as vendas nacionais de sêmen de corte tiveram incremento de 44,0%. No mesmo período, a comercialização do sêmen de leite no país cresceu 64,1%.

Quando a análise é feita com base no produto importado a situação é inversa.

As vendas para as raças de corte saíram de 944,3 mil doses em 2009, para 1,90 milhão de doses em 2011, um crescimento de 102,2% nos últimos três anos.

O sêmen de raças leiteiras importado, apesar do maior volume vendido, teve incremento mais contido.

Em 2009, foram 2,66 milhões de doses comercializadas, alcançando 3,23 milhões no ano passado. Aumento de 21,3%.

As 7,01 milhões de doses vendidas em 2011 para o corte representaram um aumento de 56,2%, frente aos números de 2009.

Variação de 23,1 pontos percentuais frente ao crescimento das vendas para as raças leiteiras.

Fonte: Scot Consultoria

Autor: Douglas Coelho