Sindicato Rural de Bela Vista MS

Eduardo Riedel diz que primeiro passo é discutir equipe para a gestão de MS e que está ‘aberto ao diálogo’ com Lula

Candidato do PSDB obteve 56,90% dos votos válidos. Capitão Contar (PRTB), 43,10%

Por Anderson Viegas, José Câmara e Rafaela Moreira, g1 MS — Mato Grosso do Sul

No primeiro discurso como governador eleito de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel (PSDB), celebrou a vitória, prometeu trabalho, diálogo com a população e com o presidente eleito – Luiz Inácio Lula da Silva, e destacou que a partir desta segunda-feira (31) começa a compor sua equipe de secretariado.

Sempre estarei aberto ao diálogo, essa é uma característica que tenho muito forte, principalmente por acreditar na democracia. Sempre falei da responsabilidade de conduzir o estado e não seria diferente com Lula. A partir de agora vamos formar a equipe, esse é o primeiro passo para elaborar as ações que estão no plano de governo. O sentimento é de gratidão”.

Durante entrevista no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), onde o desembargador Paschoal Carmello Leandro anunciou o resultado da votação, o governador eleito de Mato Grosso do Sul agradeceu os votos que levaram à sua vitória.

O candidato também adiantou que ainda não tem nenhum nome confirmado para compor a sua equipe. Com 100% das urnas apuradas, Riedel obteve 56,90%, contra 43,10% do Capitão Contar (PRTB), que conseguiu 612.113 votos. A diferença foi de 196.097 votos, ou seja, 13,8%.

Temos um projeto que sempre falamos ao longo da campanha que é um plano de governo baseado no crescimento, desenvolvimento com justiça social e inclusão. Precisamos buscar soluções para os problemas reais da população, como saúde, educação, segurança pública, agricultura familiar e nas comunidades indígenas”, destacou.

Eduardo Riedel disputou ao governo do estado pela primeira vez. O candidato nunca disputou um cargo público. Com o resultado da eleição, o PSDB mantém pela terceira gestão seguida o comando do estado. Durante a coletiva, o candidato pontuou que chegou ao primeiro escalão do governo em 2014, a convite de Reinaldo Azambuja, e que as principais políticas públicas da gestão serão mantidas.

As boas políticas públicas devem ser mantidas, não podemos deixar de avançar com as escolas de tempo integral, consolidar a regionalização da saúde e avançar no municipalismo 2.0, que é na área de serviço. A área de infraestrutura vai continuar em desenvolvimento”, disse.

O governador eleito de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, pouco depois de ter o resultado confirmado — Foto: TV Morena