Boi gordo: pouco volume de negócios no mercado de reposição

O mercado de reposição ficou praticamente parado na última semana. De maneira geral, houve alterações pontuais em alguns Estados, informa a Scot Consultoria

Em Tocantins, as pastagens estão em boas condições e isto fez com que a procura por machos aumentasse, principalmente garrotes. A categoria teve alta de 1,1% na semana e, está cotada, em média em R$ 890/cabeça.

Na Bahia, as pastagens estão com melhores condições de suporte em algumas regiões, mas as chuvas ainda não se regularizaram. O ataque de cigarrinhas é um ponto negativo.

No Rio Grande do Sul, apesar da queda no volume de negociações, a oferta continua menor que a demanda, principalmente para categorias mais eradas, tanto machos quanto fêmeas.

A demanda por machos começou a melhorar em Goiás e houve valorizações para as categorias na última semana. O garrote está cotado, em média, em R$ 920/cabeça, 2,2% mais que na semana anterior. O boi magro também teve alta (0,9%) e a cotação desta semana ficou, em média, em R$1.080/cabeça.

O feriado das festas de Carnaval foi o principal causador da diminuição no volume negócios. A expectativa é de que as negociações melhorem nas próximas semanas.

Fonte: Portal do Agronegócio