Famasul participa de reunião para criação do Consebov

Acontece nesta terça (21) durante o período da tarde, a reunião sobre criação do Conselho dos Preços do Boi (Consebov) e exposição dos resultados do Conselho do Preço da Cana (Consecana), na sede da Associação das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), em São Paulo (SP). Representando a Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul (Famasul) participam do debate o superintendente da instituição, Rogério Beretta, o diretor secretário, Ruy Fachini, e o presidente da Câmara Setorial de Bovino e Bubalinocultura, José Lemos Monteiro. A reunião é promovida pelo Fórum Nacional da Pecuária de Corte.

A criação do Consebov é apontada como alternativa para melhorar as relações entre os produtores rurais e a indústria. “Com o conselho, todos os elos da cadeia produtiva da carne têm participação na discussão para buscar soluções para os gargalos do setor”, aponta Ruy Fachini.

Indústrias em MS – De acordo com o estudo divulgado pela Famasul, o estado de Mato Grosso do Sul detém atualmente 35 unidades frigoríficas com Sistema de Inspeção Federal (SIF) para abate de bovinos, sendo que 25 estão em operação, em 19 municípios, com quatro localizados somente na capital. A capacidade de abate de bovinos dos frigoríficos em operação é de até 16,4 mil cabeças por dia, porém 81% é abatido, com o total de 13,2 mil, mostrando uma ociosidade de 19%. As plantas de maior porte, com abate diário acima de mil cabeças, pertencem ao Grupo JBS, com unidades em Campo Grande, Naviraí, e ao Marfrig de Bataguassú.

Fonte: Sato Comunicação