MS ainda armazena 20% da safra de soja

A estimativa da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) é de que aproximadamente 20% da soja produzida em Mato Grosso do Sul no ciclo 2012/13, ainda está armazenada no Estado, o equivalente a 1,1 milhão de toneladas. De acordo com o operador de mercado da Granos Corretora, Jorge Filho, produtores esperam por preços melhores para a comercialização no mercado interno.

Os preços internos poderiam ser mais atrativos para os agricultores e na espera por valorização no comércio interestadual, produtores acabam optando por armazenar”, afirma Filho, levando em consideração que o preço da saca de soja no mercado interno gira em torno de R$ 59,00, com maior valorização na região de Dourados, enquanto que o porto de Santos paga o equivalente a R$ 70,00, incluso valor do frete.

A corretora afirma que grande parte da soja mantida no Estado, está sob posse das cooperativas da região sul do Estado.

Agricultores e engenheiros agrônomos daquela região e do sudoeste do Estado se reunirão na próxima sexta-feira (14), para debaterem preços e o progresso do cultivo da oleaginosa durante o 1º Encontro Tecnológico da Soja, que acontecerá na Câmara Municipal de Rio Brilhante, a partir das 8h. Inovação tecnológica, fisiologia da soja, produtividade e manejo serão temas abordados por palestrantes da Universidade de São Paulo (USP), Universidade da Grande Dourados (UFGD) e empresas corretoras, durante o evento.

O evento que será realizado pela Associação dos Engenheiros Agrônomos de Rio Brilhante (Aearb) e pela Aprosoja/MS, terá programação estendida entre às 7h e 18h, com debates relacionados às principais dificuldades do setor e expectativas na agricultura do Estado. Toda a programação e formulário de inscrição estão disponíveis no site da Aearb (www.aearb.com.br).

Fonte: Assessoria de Imprensa Sistema Famasul