Produção de soja tem valorização de 26,6% e de milho 72,9% em MS

A colheita do milho e a demanda pela soja brasileira no mercado internacional, assim como a quebra da safra norte-americana, estão entre os fatores que contribuíram para o aumento no VBP (Valor Bruto de Produção) de 72,9% no milho e de 26,6% da soja em Mato Grosso do Sul. O VBP é o valor final de um produto, resultado da multiplicação da produção pelo valor negociado do produto.

De acordo com estudo técnico da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), o VBP do milho passou de R$ 1,3 bilhão na safra 2010/2011 para R$ 2,3 bilhões na safra 2011/2012. A produção no Estado saltou de 3,4 milhões de toneladas para 6,1 milhões de toneladas. Já o preço médio da saca de 60 kg sofreu redução de R$ 23,45 para R$ 22,49. A colheita do milho safrinha este ano foi a maior do Estado e superou a última safra de soja, que atingiu 4,6 milhões de toneladas.

O índice VBP da soja teve variação de 26,6%, que deixou de ser R$ 3,6 bilhões para R$ 4,6 bilhões na safra deste ano. A produção de 4,6 milhões de toneladas foi 9,8% menor que as 5,1 milhões de toneladas colhidas na safra 2010/2011.

A demanda pela soja provocou o aumento no valor pago pela saca, que subiu de R$ 42,80 para R$ 60,52 e garantiu o Valor Bruto maior em 2012.

Fonte: Campo Grande News

Colheita recorde de milho foi responsável por elevar Valor Bruto de Produção em MS. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)