Produtores rurais de Três Lagoas e Selvíria aderem ao Projeto PAIS

O Sebrae realiza nos dias 17 e 18, em Três Lagoas e Selvíria, respectivamente, a assinatura do “acordo de resultados e do termo de adesão de novos produtores ao Projeto PAIS”. Estará presente o engenheiro agrônomo idealizador da metodologia, Aly Ndiaye, para ministrar a palestra “PAIS – Produção Agroecológica Integrada Sustentável: Uma oportunidade de negócios para a agricultura familiar”. Também fazem parte do acordo as prefeituras dos municípios, o Banco do Brasil e a Eldorado Brasil.

Serão incluídos no projeto 25 produtores rurais de cada cidade, que nos dias 19, 20, e 21 participam junto a técnicos da prefeitura de uma capacitação sobre como montar o sistema de produção com foco na comercialização; ministrada também por Ndiaye, no assentamento Pontal do Saia, lote 18, em Três Lagoas.

Em visita recente ao Mato Grosso do Sul, Aly falou sobre a importância da produção sustentável. “Hoje, os pequenos produtores que se organizam e praticam este tipo de agricultura conseguem ganhar dinheiro por vários motivos: o conceito de sustentabilidade está em evidência e o consumidor quer produtos de qualidade e está pronto para pagar um pouco a mais por isso”. De acordo com o engenheiro agrônomo, “a demanda de produtos orgânicos é dez vezes maior do que a oferta”.

Sobre o PAIS

O projeto consiste em uma área destinada a várias culturas agrícolas que são desenvolvidas de maneira integrada e sustentável, sem o uso de agrotóxicos. A estrutura padrão, no modelo de mandalas, é formada por um galinheiro ao centro, uma horta ao redor e quintal agroecológico; tudo isto movido pelo sistema de irrigação por gotejamento.

É uma maneira de combater o desperdício de água, alimento, energia e tempo do produtor. Outras importantes vantagens são a produção diversificada e a necessidade reduzida de insumos vindos de fora da propriedade.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias MS