Sindicato Rural de Bela Vista MS

Azambuja irá se ausentar da vida pública, pescar e curtir família e amigos

Atual governador começou como prefeito de Maracaju em 1997 e, ao todo, está há 26 anos na vida pública

NAIARA CAMARGO – Correio do Estado

O atual governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PDSB), afirmou que a partir de 31 de dezembro de 2022, último dia de seu mandato, irá se ausentar da política.

De acordo com ele, os planos são pescar e visitar família e amigos, mas nunca deixar de debater Mato Grosso do Sul e trabalhar pelo desenvolvimento do Estado.

O pronunciamento foi feito no sábado (29), durante a “pedalada da vitória”, último dia de campanha de Eduardo Riedel, no Parque dos Poderes.

Azambuja está na vida pública há 26 anos. Ele começou na política como prefeito de Maracaju, em 1997, foi reeleito e ficou até 2004.

Em 2006, elegeu-se deputado estadual e em 2010, deputado federal. Em 2014, venceu as eleições para o cargo de governador de Mato Grosso do Sul, onde segue até hoje.

Eu falei que eu ia dar um tempo do nosso trabalho na vida pública, são 26 anos. Já me deram vara de pescar, carretilha, caixa de pesca e isca artificial. A pesca esportiva é um esporte que eu gosto. As pessoas estavam falando assim ‘governador, vai pescar um pouco’”, disse.

Então a gente vai estar lutando aí, principalmente para ter o estado sempre bom, como um dos melhores estados do Brasil para se viver”, complementou.

Ao ser interrogado pela equipe do Correio do Estado se aceitaria um possível convite do governador eleito, Eduardo Riedel (PSDB), para compor cargos de confiança do governo, Azambuja deixou claro que está terminando sua jornada e que Riedel vai montar sua própria equipe com profissionais de confiança.

Isso é questão do governador e o ex-governador não vai opinar nessas coisas. Se ele me chamar para [ouvir] alguma opinião sobre o governo, claro, eu nunca vou deixar sobre o Mato Grosso do Sul. Agora, compor o governo, não. Isso eu tenho certeza que o Eduardo escolherá as pessoas que ele entende e que são muitos”, declarou.

Governador eleito

Eduardo Riedel (PSDB) foi eleito governador de Mato Grosso do Sul, no segundo turno das eleições 2022, com 808.210 votos, o que representa 56,90% dos votos válidos.

O tucano derrotou Capitão Contar (PRTB), que obteve 612.113 votos, o que simboliza 43,10% dos votos. O segundo turno foi realizado neste domingo (30).

O candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) derrotou o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), com 60.345.999 (50,90%) dos votos válidos, contra 58.206.354 (49,10%) votos de Bolsonaro.

Foto: Correio do Estado