Sindicato Rural de Bela Vista MS

Rede Social condena não participação de Contar no debate Correio do Estado e CBN

É o terceiro debate ao qual o candidato não comparece para debater propostas

Da Redação – Correio do Estado

O não comparecimento do Capitão Contar (PRTB) ao debate entre candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul, promovido pelo Correio do Estado e Grupo RCN de Comunicação, não foi visto com bons olhos pelos eleitores.

Nas redes sociais, leitores condenaram a terceira falta de Contar as sabatinas realizadas para discussão de propostas entre os postulantes ao cargo.

O debate foi transmitido ao vivo pelo Youtube do Correio do Estado, além da transmissão na rádio CBN.

Sem a presença de Contar, Eduardo Riedel, candidato do PSDB, foi entrevistado pelos jornalistas e convidados, conforme previa regulamento acordado previamente com os concorrentes ao governo.

Dos mais de 100 comentários na postagem, a grande maioria dos leitores criticou a postura de Contar em fugir do debate.

Marcell Bazan disse que o capitão “já pode pedir música”, em referência a esta ser a terceira sabatina do segundo turno a qual não comparece.

“Contar já pode pedir música no Fantástico. Terceiro debate que o mesmo corre para não discutir projetos (que no caso, não tem) para o Estado de Mato Grosso do Sul”, comentou.

Sérgio Luiz Gonçalves também ressaltou a falta de Contar em vários debates.

“Fico indignado com o outro candidato [Contar] porque já é a terceira vez que falta aos debates. Acho uma covardia e um desrespeito ao eleitor”, diz na publicação.

Ricardo Manoel afirmou que o debate é importante para esclarecer as propostas à sociedade.

“Todo candidato que foge de debate, seja para governador, presidente ou prefeito é uma prova de seu despreparo e falta de ideias para debater com seu adversário. Eu acredito na inteligência do eleitor vendo a covardia de seu candidato fugindo de um debate para esclarecer ao povo suas ideias”, postou.

Debate

Com a falta do capitão, o candidato Eduardo Riedel foi entrevistado, conforme previa o regulamento do debate.

Ambos os candidatos, que disputam o segundo turno, foram convidados formalmente para a discussão.

Assim como fez em outras ocasiões a qual também não compareceu, a equipe de Contar avisou, por e-mail, que ele não compareceria ao debate.

Eduardo Riedel classificou como “lamentável” o não comparecimento de Contar para debater propostas junto à população.

“Ao ter um candidato que não participa, tira a capacidade do eleitor de comparar [as propostas], mas a não vinda dele já diz muito, já é uma grande comparação, porque ele não teria nada para dizer em relação aos temas e as perguntas colocadas”, disse Riedel.

“Vale lembrar que ele passou o primeiro turno inteiro reclamando que não tinha espaço para falar, agora com todo espaço do mundo, ele não usa, porque não tem o que dizer”, concluiu.

Conforme previsto em regulamento acordado pela equipe de ambos os candidatos, com a falta de Contar, Riedel foi sabatinado e teve oportunidade de responder a questionamentos de jornalistas e representantes de associções e diversos setores.

O debate foi conduzido pela jornalista Lígia Sabka, representando o grupo RCN de comunicação, e Laureane Schimidt, pelo Correio do Estado.

Foto: Correio do Estado