Sindicato Rural de Bela Vista MS

CNA Jovem estimula público a desenvolver habilidades e abre portas para mercado de trabalho

Stéfani Kurose participou do programa e hoje é colaboradora do Sistema Famasul

O ano era 2020. No pico da pandemia de coronavírus, Stéfani teve a oportunidade que mudou sua vida: ingressou no CNA Jovem. Mesmo diante de todos os desafios com encontros e atividades 100% on-line, concluiu o programa, levando o aprendizado para a vida. Um ano depois, ela foi selecionada em um processo seletivo para trabalhar no Sistema Famasul. Essa história de perseverança está no #TransformandoVidas desta semana.

Stéfani Kurose tem 29 anos e hoje é assistente técnica do Sistema Famasul. A história dela com o agronegócio começou quando ela ainda era pequena e acompanhava o pai, agricultor familiar de Terenos. A jovem se formou em Engenharia Sanitária Ambiental e, quando mobilizadora do Sindicato Rural da cidade, se interessou pelo CNA Jovem. “Lá chegavam aqueles panfletos que tinham todos os resumos dos movimentos da Casa Rural e tinha a imagem do grupo que fez a excursão do CNA Jovem e eu achei aquilo fascinante”, conta Stéfani.

O programa aproxima os jovens do agronegócio estimulando esse público a desenvolver habilidades e competências empreendedoras e inovadoras. Com a pandemia, os encontros da quarta edição do CNA Jovem precisou ser on-line. Mesmo assim, mais de três mil jovens de todo o Brasil participaram, e Stéfani era um deles. “Nós não tivemos encontros presenciais, foi totalmente remoto. Todas as oficinas, as capacitações, os treinamentos… E o meu desafio dentro do programa era aproximar os jovens das instituições governamentais e não governamentais.”

No ano passado, a engenheira sanitarista e ambiental passou a integrar o quadro de colaboradores do Sistema Famasul e hoje ocupa posições importantes dentro do Agro. “Pensar globalmente e agir localmente é um aprendizado que eu trouxe do CNA Jovem e sempre carrego comigo. O Senar me proporcionou isso, pensar nos produtores rurais do Brasil inteiro, mas agir localmente, aqui no meu estado. E com toda essa transformação na minha vida, hoje eu sou Sistema Famasul!”, conclui Stéfani.

Transformando Vidas – Toda sexta-feira o Sistema Famasul divulga uma reportagem sobre a atuação do Senar/MS e as suas transformações no campo. Confira outras histórias de sucesso no canal do YouTube e no site, com as editorias “Mercado Agropecuário” e “Educação no Campo”.

YouTube player

Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Michelle Machado