Sindicato Rural de Bela Vista MS

Presidente da Câmara declara apoio a Riedel no segundo turno

Carlão destaca plano de governo, experiência e compromisso com o setor Comunitário

Beatriz Feldens – Correio do Estado

Faltando treze dias para o segundo turno, os apoios aos postulantes ao cargo de governador do Mato Grosso do Sul estão ganhando corpo. O vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, do PSB, presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, declarou apoio ao candidato do PSDB, Eduardo Riedel.

Carlão disse que o tucano é a melhor opção e afirma que vários vereadores também apoiam o candidato por acreditarem que “ele tem o melhor plano de governo e experiência necessária para garantir o desenvolvimento do Estado e ajudar Campo Grande a se manter na rota do crescimento.”

O presidente da Casa de Leis junto com outros parlamentares e com a prefeita Adriane Lopes (Patriota) – que declarou no último sábado (15) declarou apoio ao Riedel – se reuniram com o peesedebista e resolveram entrar na campanha.

“Ele é o mais preparado, tem propostas, abraça a municipalidade e vai ajudar o Estado e a Capital a viver uma nova fase de desenvolvimento. Ele também abraçou a causa comunitária, assinando inclusive uma carta de compromissos com setor”, afirmou Carlão, depois de reunião com mais de mil lideranças comunitárias da Capital, realizada na manhã do último domingo (16) no comitê central do candidato.

O vereador também falou sobre a necessidade de um alinhamento de projetos pelo bem de Campo Grande.

Ninguém faz nada sozinho. Especialmente na política. É necessária a união de forças em todas as esferas de Poder para que as coisas aconteçam pelo bem da cidade e do estado. A maioria das obras necessitam de investimentos de nível federal, estadual e municipal. Por isso, estamos abraçando esse projeto. O Riedel já está alinhado com a senadora eleita Tereza Cristina, vários membros da bancada federal e agora se aproxima da prefeitura e da Câmara Municipal. A união de forças com harmonia, mas independência entre os Poderes, é sempre benéfica para a gestão pública. Já tivemos experiências quando a guerra entre os poderes causou paralização de obras, instabilidade e atraso na cidade”, avaliou.

Eduardo Riedel e Capitão Contar disputam o segundo turno no próximo dia 30.