Setor de etanol pede R$ 1 bilhão em financiamentos

Os pedidos de financiamentos do setor empresarial à Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) para projetos na área de produção de etanol já passam de R$ 1 bilhão, disse o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, ao tomar posse nesta sexta-feira (12/8) como presidente do Conselho de Administração da financiadora.

Mercadante também comemorou o fato de a carteira da Finep ter R$ 5 bilhões em novos projetos para financiamento. “Tem muita coisa chegando de demanda. Nós queremos isso mesmo. Que o empresariado venha disputar e que nós possamos escolher os melhores projetos”.

O ministro quer que a Finep seja a instituição de fomento à inovação no país, para impulsionar a nova economia. “Este é o futuro da economia brasileira”, disse.

No primeiro semestre, a financiadora recebeu R$ 1,75 bilhão para crédito do Programa de Sustentação do Investimento (PDI) e, agora, mais R$ 2 bilhões, autorizados pela presidente Dilma Rousseff para financiar a inovação.

Dentro de 60 dias, a empresa de consultoria internacional Ernest & Young, contratada pelo ministério, entregará ao ministro o resultado de estudo para adequação às normas de Basileia, que regem as instituições financeiras em todo o mundo, visando à transformação da Finep em um banco de fomento à inovação. O presidente da financiadora, Glauco Arbix, estimou que até o fim deste ano deverá ser decidido o modelo de formação institucional para o órgão.

Fonte: Globo Rural